GRUPOS, COMPANHIAS E COLETIVOS – São Paulo

NOME DO GRUPO, COMPANHIA OU COLETIVO EMAIL SITE PERFIL DO GRUPO, COMPANHIA OU COLETIVO
Dança sem Fronteiras fernanda.patuadance@gmail.com ​​http://patuadanceability.wordpress.com/ http://www.youtube.com/patuadance https://www.facebook.com/dancasemfronteiras https://vimeo.com/user40874280/videos Fernanda Amaral, bailarina, coreógrafa e educadora retorna ao Brasil em 2010, depois de dezoito anos radicada no País de Gales e cria a “Cia Dança Sem Fronteiras” com a proposta de reunir diferentes linguagens artísticas, bailarinos e interpretes de habilidades mistas. Desde então a Cia participa da Série Improviso do SESC Pinheiros; Virada Cultural e Virada Cultural Inclusiva com oficinas e apresentações em SESC’s e “Jams”. Em 2013 participou do “Festival SENCITY” no MAM e da “Mostra Internacional Mais Sentidos” no Teatro Sérgio Cardoso. Em 2013 foi contemplada com o Edital da “Prince Claus Fund for Culture and Development” (Holanda).
Companhia Giz de Cena companhiagizdecena@yahoo.com.br Blog http://ciagiz.wordpress.com/ Facebook https://www.facebook.com/pages/Companhia-Giz-de-Cena/345576892226541?ref=hl Jam – “Giz de Cena Toca pra Dançar!” https://vimeo.com/127398694 Espetáculo: “5 Dançadeiras… Peiras Meiras Dimofeiras Seracoteiras” Clip http://www.youtube.com/watch?v=8sGS1_mYkj4&feature=relmfu Integra http://www.youtube.com/watch?v=60jXzyOfRdA&feature=youtu.be Espetáculo: “Meio-dia Panela Vazia” http://www.youtube.com/watch?v=X-MXvuG1ZLE http://www.youtube.com/watch?v=wTwEmmiJOrQ&feature=relmfu http://www.youtube.com/watch?v=dUqecTc2LSI&feature=relmfu A Companhia Giz de Cena é um núcleo de pesquisa e criação em dança cênica para público infantil. Nossa proposta é trabalhar a partir do universo da criança (brincadeiras, cantigas, jogos, histórias) e criar um produto cênico onde a dança se integre com a música e dialogue com outras linguagens artísticas como as artes visuais, o teatro e o palhaço.
Com[som]antes Cia de Arte com.som.antes@gmail.com Blog: http://comsomantes.wix.com/comsomantes_x000D_ Perfil no facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100008255164127&fref=ts_x000D_ Página no facebook: https://www.facebook.com/comsomantes?fref=ts Com[som]antes Cia de Arte surgiu em um Laboratório de Criação, dentro do Projeto Núcleo Luz, em 2012. Os sete integrantes que compunham a Cia, além de partilharem de um interesse em comum pelo tema “silêncio”, eram todos formados no Curso Técnico de Dança pela ETEC de Artes de São Paulo. Em 2014, a Cia foi contemplada pelo Programa VAI, fator responsável por gerar espaço importante para esses jovens com formações artísticas diversas que, somadas às técnicas de dança, possibilitou o desenvolvimento de uma pesquisa autoral, realizando trocas sensíveis de experiências pessoais, com o intuito de discutir, experimentar, elaborar e compartilhar o trabalho de pesquisa em Dança e Arte Contemporânea.
Khrônus Cia. da Dança khronusciadedanca@gmail.com Blog: http://www.khronusciadedanca.blogspot.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/khronusciadedanca?ref=hl Canal Youtube: khronusciadedanca Khrônus traz uma proposta de trabalho onde não se busca corpos ideais nem eximia técnica, mas um jovem elenco com uma estética voltada contemporâne que reverbera as sensações no ato da expressão. A Cia tem em sua trajetória trabalhos como “O Ciclo da Vida”, “O Som da Alma”, “Rakshati”, “Há tempos… Juntas Novamente” com pesquisa de movimento o elenco vivencia novas vertentes para a construção de novos símbolos e entendem todo processo de composição coreográfica desde sua raiz. Tendo como diretora e coreografa entre outras parcerias Bianca Pessoa leva seus bailarinos a pesquisa corporal de campo.
Capulanas Cia de Arte Negra capulanasciadeartenegra@gmail.com Capulanas Cia de Arte Negra A Capulanas Cia de Arte Negra desenvolve a partir das artes cênicas, principalmente teatro e dança, espetáculos de artes que fomentam discussões sobre as mulheres negras brasileiras O trabalho da Capulanas Cia de Arte Negra tem um recorte de gênero, etnia e geografia, falamos com, para e de mulheres negras periféricas Somos mulheres negras formadas em diversas áreas artísticas tais como Dança, Teatro entre outros que confluímos tais linguagens para desenvolver nossas propostas artísticas e políticas
Novo Corpo Cia De Dança lucimeiremonteiro@yahoo.com.br cianovocorpo.wordpress.com https://www.facebook.com/novo.corpo.9 https://www.youtube.com/watch?v=H79LXvhIL3I A Cia surge a partir de oficinas de dança contemporânea, com fins socioculturais, destinadas a educandos, moradores do município de Itapecerica da Serra.Desde seu primeiro espetáculo experimental denominado C-A-S-A, a Cia busca aliar a técnica da dança contemporânea às vivências pessoais de cada intérprete-criador. Dessa maneira, muito mais do que técnica, os integrantes da Cia são convidados a se expressar e levar saberes, vivências e conhecimentos pessoais para as propostas criativas. Desenvolve-se, então, uma maneira particular de pesquisar a dança, que aliada à técnica contemporânea, constitui-se a linguagem da Novo Corpo Cia de dança.
Núcleo Cinematográfico de Dança contato@cinedanca.com cinedanca.com cinedanca.blogspot.com.br facebook.com/cinedanca twitter.com/cinedanca O Núcleo Cinematográfico de Dança é uma companhia de dança contemporânea independente, concebida na parceria entre Mariana Sucupira e Maristela Estrela em 2002 no Estúdio Nova Dança – SP. Essa parceria nasceu de um grupo de estudos sobre criação, com interesse em investigar a relação entre as linguagens do cinema e da dança. As matrizes poéticas da companhia são motivadas e desenvolvidas pela fisicalidade e imagem do movimento apoiadas sobre uma abordagem estética do cinema.
Conexion Caribe Nucleo De Cultura Latina douglas@salsa.com.br conexion caribe nucleo de cultura latina (facebook). www.conexioncaribe.com.br Companhia de dança que pesquisa, ministra aulas, faz eventos referente a ritmos latinos.
Clube Paineiras do Morumby anita.sociocultural@clubepaineiras.com.br Setor de Dança do Clube com 13 professores , 600 alunos .
Cia Gnetica diretor@gnetica.com.br Diretor@gnetica.com.br Tem como missão, desenvolver trabalhos sócio culturais incluindo e transformando.
Khrônus Cia de Dança biancaprojetodeinclusao@hotmail.com facebook Bianca Pessoa Nosso trabalho não visa corpos ideais nem eximia técnica, mas um trabalho estético voltado ao contemporâneo que reverbera as sensações no ato da expressão, com pesquisas de movimento , o elenco vivencia novas vertentes para a construção de novos símbolos e entendem todo o processo de composição desde sua raiz. tendo como diretora e coreografa entre outras parcerias, Bianca Pessoa, leva seus bailarinos a pesquisa corporal de campo enriquecendo dessa forma o histórico corporal que cada bailarino traz consigo.
Grupo Marzipan rena-melo@uol.com.br FACEBOOK GRUPO MARZIPAN O grupo esteve em atividade intensa na década de 80, dissolveu-se em 1992 e volta agora a se reunir depois de 25 anos. O grupo se projetou ao longo de sua existência pela seu caráter ousado, inovador, considerado vanguarda no meio artístico. Para essa volta foi contemplado pelo Rumos Itau 2014 com a montagem do espetáculo homônimo Marzipan que estreou no Auditório Ibirapuera e em seguida no Sesc Bom Retiro (maio 2015). Seus integrantes estão hoje na faixa etária entre 52 e 68 anos. O espetáculo versa sobre a passagem do tempo, sobre amizade, envelhecimento, o que pode um corpo maduro. O grupo pretende levar o espetáculo para turnês e festivais.
Fierce Dance lucashenrique.manoel@yahoo.com.br Facebook.com.br/fiercedance O grupo tem como foco e missao de levar ao publico em geral uma danca Protestante tentando eliminar principalmente o preconceito de gay e negros !
A Digna Companhia de Teatro e Dança adignacompanhia@gmail.com facebook.com/adignacompanhia A Digna Companhia nasce em 2010 da busca de uma composição própria entre teatro e dança da atriz Helena Cardoso e da artista da dança Ana Vitória Bella. A primeira fase da pesquisa, a performance para espaços públicos Desencontro, concentrava-se no estudo da poesia em cena e da relação entre corpo e objetos cênicos e é resultante dos imbricamentos entre corpo e voz; corpo e objeto; dança e teatro; poesia e cotidiano; e entre os espaços público e cênico. Em 2011 Victor Nóvoa se une à companhia para o desenvolvimento de dramaturgias que dialoguem com a pesquisa.
Nos Qu4tro gruponosqu4tro@gmail.com Facebook.com/nosqu4tro O grupo NOS QU4TRO surgiu na aula de composição e criação da Escola de Dança de SP, o foco do grupo é na dança contemporânea, e o primeiro trabalho criado e em circulação chama “IN(FINITUDE) e fala sobre o ciclo da vida e conta a história de um suicídio.
Grupo Yalode Lattari nucleoculturalyalode@hotmail.com o gruipo yalode existe a varios anos sem ajuda de custa de repartições publicas….trabalha com varios estilos …visualizando e valorizando a rte neste brasil…
Cia KazakeZouk Ladies bro_kazakevic@hotmail.com Facebook: Bruna Kazakevic Full A Cia KazakeZouk Ladies é o mais novo grupo para mulheres de São Paulo! O grupo consiste em aulas específicas para despertar o lado feminino, voltadas para o ritmo Zouk no estilo tradicional com influência do moderno. Através da conscientização corporal, desinibição, entrega e aproveitamento musical visando desenvolver força, precisão, leveza, controle e sensibilidade, com o intuito de aprimorar a técnica e os elementos fundamentais do Zouk, tais como dessassociação corporal, diferentes tipos de giros, fluência de movimentos e as tradicionais movimentações contínuas de cabeça. Iniciamos com estudos e vivências para desenvolver uma coreografia que será apresentada em diversos eventos.
Quadrela Cia de Dança quadrelaciadanca@hotmail.com Facebook: Quadrela Cia de Dança A Quadrela Cia. de Dança tem como proposta, desenvolver trabalhos através da observação e de experimentos, trazendo à cena o comportamento cotidiano do ser humano. A Cia. busca uma linguagem contemporânea que seja enriquecida pelas contribuições pessoais dos bailarinos. A pesquisa de movimentos parte de estímulos que possam extrair particularidades e abrir possibilidades de movimentação que estejam de acordo com a estética que a Cia. tem perseguido em suas pesquisas.
Cia. Damas em Trânsito e os Bucaneiros damasemtransito@yahoo.com.br facebook: www.facebook.com/pages/Cia-Damas-em-Trânsito-e-os-Bucaneiros/275167949259765 site: www.ciadamasemtransito.com.br A Cia. surgiu em 2006 como um espaço de criação coletiva, onde vem desenvolvendo continuamente uma pesquisa sobre improvisação em dança e em música em que esta é tanto a ferramenta no momento da criação das imagens, sons, movimentos, jogos e tensões que vão compor a cena, quanto o meio de construir seu discurso e dialogar com o público. Pesquisa como a arte cênica pode ocupar os espaços públicos da cidade e como pode se relacionar com estes espaços e seus habitantes, para, a partir disto, discutir as relações do indivíduo com os espaços que ele habita e investigar maneiras de construir uma relação mais íntima com o público, procurando diminuir o distanciamento entre este, o artista e a obra.
Coletivo Contemporâneo de Dança coletivodanca.sjc@gmail.com Fb. Coletivo Contemporâneo de Dança – SJC/SP Este coletivo surgiu do desejo de criar e fundar um espaço dedicado à pesquisa em dança contemporânea. A ideia é estabelecer uma ação gestora em dança que funcione como um espaço-móvel que agregue artistas em especial do Vale do Paraíba/SP. O “espaço-móvel” retrata um coletivo que se fundamenta pelo deslocamento das idéias, do diálogo, da circulação do conhecimento, da inter e trans-disciplinaridade a fim de somar experiências que fortaleçam seu papel dentro da sociedade: que é questionar a forma de pensar e produzir a arte.
Fletir luis@fletir.net Fletir.net Fletir é um projeto cultural com base sócio pedagógica cultural. Os bailarinos são facilitadores de processo comportamental. Sua base de movimento é contemporâneo e a linguagem de teatro dança. Fez releitura do diário de Ane Frank, Esperando Godot entre outra obras ….
Cia. Repentistas do Corpo ciarepentistasdocorpo@gmail.com http://ciarepentistasdocorp.wix.com/cia-repentistas-do-corpo https://www.facebook.com/ciarepentistasdocorpo https://www.youtube.com/channel/UCoKPP9k67ofRFzeAs4qsw2g A Cia. Repentistas do Corpo, fundada em 2001, é formada por artistas da dança brasileira que trazem bagagem artística eclética associada à proposta de pesquisa inusitada. A sua linha de investigação prática é a busca dos possíveis pontos de convergência e fricção entre a dança contemporânea, o teatro, a música, a percussão corporal e o humor. A inspiração para tanto vem das matrizes formadoras da cultura brasileira e suas diversas manifestações e identidades; especialmente a literatura, a música e as festas. Desta forma encontra seu discurso poético e sua maneira de estar no mundo: Sempre em movimento, com um corpo brasileiro.
Grupo Divinadança producaodivinadanca@gmail.com http://divinadanca.blogspot.com https://www.facebook.com/pages/Grupo-Divinadan%C3%A7a/581833865212133?fref=ts @grupodivinadanca Com tendência a ampliar o universo de seu repertório e dimensionar o alcance da sua busca através de seus diferentes coreógrafos, o Grupo Divinadança percorre um caminho que objetiva aproximar público e elenco permitindo um diálogo entre as partes elevando a dança a um contexto amplo de comunicação. Nosso intuito é levar a dança a um maior número possível de pessoas e fazê-las ingressar neste mundo paralelo de plasticidade e sonho. Para mim a arte tem que estar a favor do sonho e da realidade ao mesmo tempo, transformando esta em poesia, em imagem, em movimento e, consequentemente modificando o homem e o ambiente em que este está inserido.
Estudio Laban estudiolaban@gmail.com http://estudiolabandedanca.webnode.com.br/ https://www.facebook.com/pages/Estudio-Laban/503870709624265?fref=ts É um lugar para o movimento, uma proposta de pesquisa e aperfeiçoamento nos conteúdos do Sistema Laban para a Dança e a Arte do Movimento. Através de cursos livres, ateliês, núcleos de estudos e cursos intensivos, nos propomos a divulgar os fundamentos do Sistema nas suas origens históricas como também nos mais recentes desenvolvimentos destes princípios. A idéia nuclear do Estúdio é proporcionar o espaço de trocas e pesquisa com os profissionais atuantes nestas áreas, para a divulgação e o aperfeiçoamento da prática da dança, terapia e educação.
inCena 2.5/Estela Lapponi incena2.5@gmail.com http://incena25.blogspot.br http://zuleikabrit.blogspot.br https://www.facebook.com/cuerpointrusozuleikabrit Estela Lapponi começou nas artes cênicas em 92 como atriz de teatro, como videoartista em 2004 e como dançarina em 2005. Fundou sua própria cia. a inCena 2.5 em 2005 após ter participado do projeto Dance Meets Difference da cia de dança/teatro alemã Din A13. inCena 2.5 tem objetivo a investigação artística: – do discurso do corpo com deficiência – a prática performativa e relacional (público) – integrar artes visuais e performáticas Corpo Intruso uma investigação cênica, visual e conceitual. Termo criado por Estela Lapponi em 2009 é objeto de investigação até os dias de hj.
Núcleo de Pesquisa Mercearia de Ideias luizbongiovanni@terra.com.br http://luizbongiovanni.wix.com/merceariadeideias https://www.facebook.com/NucleoMerceariaDeIdeias?ref=bookmarks O Núcleo de Pesquisa Mercearia de Ideias surgiu como grupo de pesquisa dedicado ao refinamento da construção cênica através do encontro da performance técnica com o conteúdo sensível, sempre refletindo, na criação em dança, a comunicação direta com o espectador e as possibilidades existentes nesta relação, abordando temas poéticos que dialoguem claramente com a sociedade contemporânea. Dentro dos encontros propostos o núcleo criou metodologia de trabalho prprópria, ligada à pesquisa que foi desenvolvida por Bongiovanni ao longo de sua carreira, reunindo suas experiências pessoais e vivências artísticas. A criação parte da valorização do movimento descoberto por cada artista colaborador.
Minik Momdó estudiolaban@gmail.com http://minikmomdo.blogspot.com.br/ O Grupo Minik Momdó Sob a direção artística de Maria Mommensohn, sua trajetória contempla a ocupação de espaços não convencionais através de instalações performáticas. Propõe uma releitura da arquitetura para criar novos recortes, explorar sonoridades, instaurar experiências poéticas e novos modos de leitura do espetáculo. Seu foco é a dança, o movimento como diálogo entre o corpo e o meio. O trabalho de construção cênica parte de uma revisão das noções tradicionais de intérprete, nas quais este é visto como elemento abstrato e destacado do lugar onde acontece a dança.
Na Companhia das Meninas patyjaia@gmail.com http://nacompanhiadasmeninas.blogspot.com.br https://www.facebook.com/duoseroutra?fref=ts NA COMPANHIA DAS MENINAS foi fundado em 2010 pelas bailarinas e atrizes Ana Paula Lopez, Patrícia Jaia e Luciana Cacioli e vem, desde então, criando e apresentando espetáculos de Dança e Dança- Teatro. Entre seus principais trabalhos se destacam: Fogo Sagrado (2010), SESC PINHEIROS-SP; Perséphones (2010/2011), (FRINGE/2011) e SER OUTRA, que ficou em cartaz durante um mês (Fevereiro 2014) na SALA RENÉE GUMIEL da FUNARTE (São Paulo/SP), e mais um mês (Novembro de 2014) no ATELIÊ DAS MENINAS (São Paulo/SP). Participou dos Festivais: FRINGE (Curitiba 2014), MOSTRA DE ARTES CÊNICA DE MOGI DAS CRUZES (Maio de 2015) e Evento TEATRO NA MÁRIO ( Julho de 2015).
Plataforma Shop Sui producaoshopsui@gmail.com http://plataformashopsui.com/ Facebook: Plataforma Shop Sui A Plataforma Shop Sui é atualmente o espaço dinâmico que concentra as expressões artísticas e de pesquisa de Fernando Martins. O trabalho dedicado a sua pesquisa pessoal, suas criações e seu relacionamento como coreógrafo e intérprete é a base em que se estrutura a PLATAFORMA SHOP SUI. Esse nome foi inspirado na culinária chinesa, no prato Chop Suey, onde através da mistura de vários ingredientes surge um novo sabor. Fernando Martins dentro dessa plataforma une sua versatilidade. A integração orgânica dessas habilidades é uma busca contínua nas diferentes possibilidades de atuação artística e na sua integração com outros universos filosóficos e científicos.
Cia Mariana Muniz de Teatro e Dança mdm.m@uol.com.br http://www.ciamarianamuniz.com,br ciamarianamuniz/facebook.com A Cia. Mariana Muniz de teatro e dança foi criada no ano 2000. Desde então vem desenvolvendo trabalhos voltados para a pesquisa das relações entre palavra e movimento, e as conexões expressivas entre poesia e dança. Realizou trabalhos de teatro-dança, onde a poesia de artistas como Florbela Espanca e Ferreira Gullar,dentre outros, serviram de referência para o exercício de múltiplas qualidades de trânsito entre a palavra e o movimento, cuja excelência, atestam os muitos prêmios recebidos. Desde 2007, recebe incentivo dos Editais de Fomento à Dança: 2º, 5º, 8º, 11º e 18º editais. Trabalhos coletivos realizados:Parangolés/Nucleares/ Penetráveis e Gestos.
Cia. Cuadra Flamenca cuadra@cuadraflamenca.art.br http://www.cuadraflamenca.art.br/ https://www.facebook.com/cuadra.flamenca?fref=ts Fundada há dez anos e dirigida por Vera Alejandra, vem se firmando no mercado da dança flamenca como uma das referências de ensino e realização de espetáculos amadores e profissionais de flamenco em São Paulo e no Brasil, tendo realizado vários espetáculos em diversos eventos entre eles: Circuito Cultural, Itaú Cultural, Infinito na Dança ( SESC Pinheiros ), e apresentações em casas noturnas como Café Piu Piu, Paellas Pepe e Tom Jazz.
Emovere Cia De Dança artistasilvanapassos@gmail.com http://www.facebook.com/silvana.passos.923 Emovere é uma cia de dança contemporânea que tem o objetivo de investigar e pesquisar elementos da dança contemporânea e difundir sua pesquisa em dança por meio de apresentações.
Grupo IAdança – Núcleo ContemporanIA artescoreograficas@gmail.com http://www.ia.unesp.br/#!/pesquisa/grupos-de-pesquisa/danca-estetica-e-educacao/projetos-permanentes–nucleo-contemporania/ https://www.facebook.com/groups/258548620870837/ O grupo IAdança é um grupo de dança formado por alunos dos cursos de Bacharelado e Licenciatura das áreas de Música, Teatro e Artes Visuais que estudam no IA – Instituto de Artes – UNESP. Também participam do grupo pessoas vindas da comunidade, alunos de outras Universidades, escolas da rede pública de ensino e particulares, ONG’s – organizações não governamentais, aspirantes ao curso de mestrado oferecido pelo IA – UNESP e alunos dos cursos do Programa de Pós-Graduação – mestrado. O grupo é vinculado ao PROEX – Pró-Reitoria de Extensão Universitária e também ao GPDEE – Grupo de Pesquisa – Dança: Estética e Educação. Atualmente está sob orientação de Ítalo Rodrigues Faria.
Silenciosas + GT’aime causfonseca@gmail.com https://amornoimproviso.wordpress.com/ https://www.facebook.com/pages/Silenciosas-GTAime/138682262863067?fref=ts O grupo pesquisa formas de improvisação envolvendo as diversas disciplinas que dialogam com o pensamento do grupo: acrobacias, palhaço, teatro, música, dança contemporânea, contato improvisação, parkour. Essas técnicas foram incorporadas ao treinamento de Improviso Cênico, criando um espaço coletivo de trocas e sobrevivência criativa, reforçando um forte caráter interdisciplinar em seus resultados e intervenções artísticas, que tem a dança como principal forma de comunicação. Os trabalhos do grupo são ricos em humor, prazer, jogo teatral, relação direta com o público e arte vista como um depoimento pessoal.
Coletivo Cartográfico coletivocartografico@gmail.com https://coletivocartografico.wordpress.com/ https://www.facebook.com/pages/Coletivo-Cartogr%C3%A1fico/282149121819647?fref=ts https://vimeo.com/user13004745 O Coletivo Cartográfico de dança contemporânea foi fundado em 2011, investigando, desde então, a criação de cartografias impermanentes que ocorrem do choque do corpo com o real, na fronteira da dança com a performance. Entende-se a dança como uma via de expor e embater as políticas cotidianas normativas que condicionam corpos e deslocamentos. Para tal, suas três integrantes, Carolina Nóbrega, Fabiane Carneiro e Monica Lopes, buscam modos autogestionários para suas criações, sendo todas simultaneamente criadoras, performers e coreógrafas de todos os seus trabalhos. Entende-se que os modos de criação de um trabalho refletem diretamente em sua potencia estética e impacto simbólico e político.
Lagartixa na Janela lagartixanajanela@gmail.com https://lagartixanajanela.wordpress.com/ https://www.facebook.com/lagartixanajanela Lagartixa na Janela é um grupo coordenado por Uxa Xavier – artista e educadora da dança – que tem como proposta a pesquisa e aprofundamento dos estudos sobre a criação cênica e educação em dança contemporânea para crianças. No ano de 2010, o grupo passa a investigar e praticar também as relações de interface entre as linguagem da dança e o espaço urbano, tendo como público alvo o universo infanto-juvenil.
LAPETT – Laboratorio de Pesquisa e Estudos em Tanz Theatralidades – ECA/USP sayopereira@usp.br https://lapettcia.wordpress.com Dirigido por Sayonara Pereira, que teve sua formação em dança no Brasil, USA e duas décadas de experiência na Alemanha,o LAPETT foi criado em 2011,para desenvolver diferentes atividades, e aperfeiçoar seus integrantes a partir dos paradigmas do Tanztheater de Kurt Jooss, em diálogo com a contemporaneidade. Através das atividades que vem sendo desenvolvidas pelo LAPETT já foram apresentadas 03 produções coreográficas, teses, dissertações, monografias, e seminários com especialistas, de renome nacional e internacional, em diferentes modalidades das artes da cena. A Universidade de São Paulo é a sede do grupo.
Núcleo Pedro Costa Cia de Dança Contemporânea nucleoartepedrocosta@yahoo.com.br https://nucleopedrocosta.wordpress.com/https://youtu.be/b-UuBDA-ZuI https://youtu.be/gnQ1hFzoSyg https://youtu.be/J1WE7-ykOQE?list=PLB9_XeFBnNQaSYAb9XdLtaIfizZkw8HXY Livremente inspirado na literatura de cordel teve início em 2003 O Núcleo Artístico Pedro Costa com o espetáculo solo “De Repente, 2004 foi contemplado com o prêmio Estímulo à Dança Contemporânea da Secretária de Cultura de São Paulo, Em 2007 criou o espetáculo “Khronos” baseado em poemas de Bertold Brecht, Santo Agostinho e Vinicius de Moraes, com estreia na Mostra Internacional de Artes no SESC Ipiranga. O mesmo trabalho foi contemplado com o prêmio de circulação do 2° Fomento à Dança da Secretaria de Cultura da Cidade de São Paulo, em 2010 cria “Pipando”… Onde dormem os Pássaros” inspirando nos usuários de Crac, Contemplado pelo 8˚ Fomento à Dança da Cidade de São Paulo”
Projeto Co projetoco@gmail.com https://projetoco.wordpress.com https://facebook.com/projetoco http://512.agensite.com/grupos_e_cias/id-187986/projeto_co O Projeto Co é uma companhia de dança que pesquisa as relações entre corpo/dança e espaço urbano, com foco na interação entre pessoas e lugares. Fundada em Lisboa no ano de 2010, a companhia tem sede atualmente (desde 2012) na região do ABC Paulista onde desenvolve atividades de criação artística de modo coletivo sob orientação da bailarina Paula Petreca. Tendo integrado o coletivo português do c.e.m – centro em movimento, a pesquisa de Paula no contexto do espaço urbano e da rua se desenrola desde 2008, sendo orientada a princípio pela coreógrafa Sofia Neuparth, se desdobrando de forma autônoma desde o retorno de Paula ao Brasil. Dentre as criações da Cia Projeto Co figuram: Co – instalação
Nave Gris Cia. Cênica navegrisciacenica@gmail.com https://vimeo.com/user25605002 https://www.facebook.com/navegris A Nave Gris Cia. Cênica foi criada por artistas com formações, trajetórias e pesquisas muito distintas, mas que buscavam no encontro entre dança, teatro e literatura possibilidades expressivas mais potentes e plurais. O interesse comum por uma linguagem limiar, híbrida, centrada no corpo como um lugar de trânsito de afetos, memórias e narrativas torna-se então o motor de nosso trabalho. Sendo nosso foco investigativo presente o conceito de corpo-encruzilhada, imagem que sintetiza nosso olhar sobre o trabalho do artista cênico.
Grupo Folklórico Alma Guaraní, São Paulo- Brasil villaverde.pati@gmail.com https://www.facebook.com/almaguaranidanzaparaguayaenbrasil?ref=hl https://www.facebook.com/grupoalmaguaranisp O Grupo Folklórico Alma Guaraní surgiu em 1996 a partir da necessidade de haver um grupo de dança representante da comunidade paraguaia na Festa Latina promovida pela Missão Paz São Paulo Scalabrinianos, Centro Pastoral e de Mediação do Migrante, em São Paulo. Seu trabalho é divulgar a cultura paraguaia através da dança. Reúne crianças, jovens e adultos. Paraguaios residentes em São Paulo, descendentes de paraguaios e amantes da cultura guarani, seja qual for a nacionalidade. Proporciona a integração dos seus participantes e a inclusão social. Tem como método de trabalho a valorização das raízes, o respeito ao próximo, responsabilidade e a valorização da diversidade cultural.
Bleack Diamund anakarolinabh18@gmail.com https://www.facebook.com/AnaKarolinaGarcia https://www.facebook.com/wellington.freitas.92560?fref=ts Dupla de Jovens de dança contemporânea artística . Iniciado no ano de 2015 , com um toque de sensualidade , sofisticação e teatro . Dança erudita , onde o coreógrafos são os próprios dançarinos . Procuramos demonstrar nosso dom artístico de uma forma engraçada e diferente . Somos do sul de Minas Gerais e estamos dispostos a arcar com a viagem para se apresentar .
CIA Bambolística bambolecompanhia@gmail.com https://www.facebook.com/ciabambolistica CIA. BAMBOLISTICA é um projeto que surgiu com a união de Mariana Yomared, Anaís Goedert e Giovanna Rodrigues. Bambolistas que residem na cidade de São Paulo, e se encontraram por meio de processos artísticos que ocorrem recentemente no centro da cidade. A proposta do grupo é divulgar a dança com bambolês, realizando performances e oficinas na rua, em parques, festas e espaços culturais. Despertando de forma lúdica percepções corporais que envolvem coordenação, equilíbrio, espaço e tempo. Da maneira que o bambolista se sinta familiarizado com o corpo e o objeto, procurando explorar e utilizar de inúmeras e inéditas maneiras o bambolê.
Cia de Dança Yes Brasil yesbrazil@porthia.com.br https://www.facebook.com/CiaYesBrasil https://www.youtube.com/user/dancamovimentabrasil https://www.flickr.com/photos/movimentabrasil/ A Cia de Dança Yes Brasil surgiu em 2011 dentro do Projeto de Dança Movimenta Brasil. Sua sede está na UNIFESP/EPM, que cedeu suas instalações para ser a sede do Projeto e da Cia de dança. A Cia de Dança possui como trabalhos principais em seu repertório os seguintes espetáculos: “Eu, Você e Nós”, “Solos de uma mulher sozinha”, Oficina de Vídeo Dança para o Espetáculo “Labirinto do Ser” e Espetáculo “Labirinto do Ser”. Todos espetáculos com linguagem coreográfica eclética, dramaturgia e efeitos audiovisuais. Sua Diretora e Coreógrafa, a bailarina Camila Andrade, criou a Cia com uma Linguagem Livre, transitando pelo Comtemporâneo, ContemporaryJazz e o Yoga Dance.
Coletivo Las Caboclas lascaboclas@gmail.com https://www.facebook.com/coletivolascaboclas http://lascaboclas.wix.com/lascaboclas Somos uma dupla, um trio, um coletivo. Nosso foco é a dança contemporânea que flerta com as novas tecnologias. Produzimos, dançamos e criamos videodanças.
Detroit jj.trim@hotmail.com https://www.facebook.com/detroithiphopdance?pnref=lhc https://www.youtube.com/user/DetroitCrew A proposta do grupo é estimular o desenvolvimento artístico dos jovens através das danças urbanas, na educação integral do ser humano. Nosso foco está em desenvolver a personalidade do aluno enquanto ser humano. O grupo é formado por jovens e adolescente, sendo independente, devido a falta de estrutura na parte cultural na cidade não impede que o grupo adquira conhecimento e experiências.
Grupo De Fandango De Tamanco Cuitelo diogoaraujos@hotmail.com https://www.facebook.com/diogoaraujosilva.araujosilva https://www.facebook.com/profile.php?id=100006951558526 https://youtu.be/rO8vkSXLBOI https://youtu.be/sA3eRoBm24A O Fandango é de origem espanhola e chegou até a região do Sudoeste Paulista através dos Tropeiros, por volta de 1700. Com o passar dos anos essa dança ganhou grandes traços caipiras tornando-se uma das mais tradicionais manifestações culturais do Caboclo do Campo. No ano de 1964 no Bairro Ferreira dos Matos, zona rural de Capão Bonito e Ribeirão Grande, foi fundado um Grupo de Fandango pelo Sr. Pedro Vilarino Ferreira,conhecido como “CUITELO”. O Fandango é uma dança sapateada ao som de tamancos feitos da arvore de laranjeira, viola de 10 cordas e gaita oito baixos, acompanhado de “queromanas” que são versos trovados , improvisados na hora.
Ensaios Poïéticos paulo2.cavalcanti@usp.br https://www.facebook.com/ensaiospoieticos https://www.youtube.com/ensaiospoieticos Coletivo independente de artes integradas a partir de releituras do repertório para piano e música de câmara, coadunando partituras de movimento corporal e improvisações em dança contemporânea. O vídeo é o eixo dessa síntese, interface de encontro embrionário, formatando ambientes para troca, criação, pluralidade, e inter(multi)disciplinaridade. Investimento à potência da interação colaborativa, na qual a sinergia pode ser um elemento profícuo, dialético e complexo, para a emergência de poéticas polivalentes que seriam impossíveis senão pelo amálgama das singularidades de cada um dos atores em atividade, a saber: artistas e estudantes sobretudo das Universidades Estaduais de São Paulo.
Cia Movimento Livre karimilene@gmail.com https://www.facebook.com/GrupoMovimentoLivre https://www.youtube.com/watch?v=A_yMxSqwkpA https://www.youtube.com/watch?v=4sunZD8slho https://www.youtube.com/watch?v=dlhadzDPZnw A proposta do grupo é divulgar o trabalho no qual nos esforçamos a cada aula e ressaltar que são alunas concluintes do ensino fundamental da rede municipal (projeto social) no qual leciono desde 2008. Desde então, montei esse projeto de dança na qual sou voluntária incluindo as alunas que se destacaram na dança durante o tempo de aulas nas escolas municipais.
[-MOS] mosgrupo@gmail.com https://www.facebook.com/mosgrupo vídeos: Exposição da Pessoa: https://www.youtube.com/watch?v=hHjhkYQIoLc Regra de Três: pequeno estudo verborrágico: https://www.youtube.com/watch?v=qrBM-N8uPDQ Consonâncias Verbais: https://www.youtube.com/watch?v=-005j6pO6_E [-MOS] surge como Coletivo Catapulta em São Paulo no ano de 2010, sendo criado por profissionais da área de dança, teatro e performance com o intuito de promover um território comum para a criação artística em interface com diferentes linguagens. É característica do grupo a realização de pesquisas que borrem as fronteiras entre fala e movimento, artistas e espectadores, discursos pessoais e coletivos. Atualmente, o grupo é formado por Karime Nivoloni, Mariana Molinos, Maryah Monteiro e Valeska Figueiredo.
Núcleo Artístico Tembuá ajani2inaja@gmail.com https://www.facebook.com/nucleoartisticotembua.nat?fref=ts http://tembua.blogspot.com.br Sediado na cidade de São Paulo, desde 2006 o Núcleo Artístico Tembuá (Técnicas e Estudos de Matrizes e União Africana) desenvolve pesquisa e criação em dança buscando referência na cultura afro-brasileira. A proposta se desenvolve no trabalho coletivo, no intercâmbio de ideias e experiências, e no diálogo com diferentes linguagens em busca de uma dramaturgia corporal própria. O Núcleo também explora as possibilidades estéticas em espaços públicos e não convencionais, propondo novos territórios para a arte da dança negra. O Núcleo é representado e dirigido pela coreógrafa e co-fundadora Inajá Tetembuá.
Projeto Susan Woman marianacesarcoral@gmail.com https://www.facebook.com/pages/CASCA Susa Woman:É um projeto artístico formado por Gisele Petty e Mariana Corale. A pesquisa da cena descobriu sua principal motivação: o artista diante da criação. Desde 2002 pensamos a dança como um encontro, friccionado com o Teatro, A Performance, as Artes Plásticas.. Pensamos a dança como um transbordamento de todas as linguagens.. construído uma dança autoral e performática, calcada no risco da relação de um intérprete com o outro e do artista com o público. Em 2002 o Projeto ligado a Cia Zero Zero de Teatro concebeu o espetáculo: Água Desnuda, com direção de Mariana Corale e fomentado pelo Professor : Renato Cohen; e em 2013 estreou em São Paulo: Casca!
Coletivo Corpo Aberto coletivocorpoaberto@gmail.com https://www.facebook.com/pages/Coletivo-CORPO-Aberto/1594015370810110?fref=photo O Coletivo Corpo Aberto surge a partir do desejo de artistas pesquisadores que transitam por diversas linguagens artísticas, de viabilizar um espaço de pesquisa continuada, investigando possibilidades de diálogos criativos que reverberem na cena. Interessa-nos explorar os limites das fronteiras entre as linguagens artísticas. Não uma dança e teatro, mas um híbrido de linguagens capaz de ampliar as possibilidades de comunicação na cena, onde a própria trajetória de vida de cada artista pesquisador possa servir de alimento e estímulo durante o processo de criação.
Mulheres do Pera mulheresdopera@hotmail.com https://www.facebook.com/pages/Mulheres-do-P%C3%AAra/656019641148348?fref=ts O grupo Mulheres do Pera tem por objetivo levar ao público, através da dança, as experiências vividas pelas integrantes do grupo, realizando pesquisa sobre suas vidas, trabalhando e recriando suas histórias.
Núcleo Pé de Zamba andreasouaries@gmail.com https://www.facebook.com/pages/N%C3%BAcleo-P%C3%A9-de-Zamba/373650662741980?ref=hl Coletivo de pesquisa cênica cuja premissa é a interface entre a criação contemporânea e a cultura tradicional brasileira. Para tal, investe no corpo consciente e na percepção expandida, no intuito de verticalizar a pesquisa entre diferentes universos culturais, estabelecendo “pontes de sentido” entre eles. Propondo uma poética autoral para a cena, o Núcleo Pé de Zamba inspira-se em aspectos encontrados nas manifestações espetaculares tradicionais brasileiras, tais como: a presença das matrizes formadoras de nossa cultura (afro, indígena e europeia); o encontro de expressões artísticas a partir do corpo em expressão; e a exploração de possibilidades espaço-temporais não convencionais.
Odisséia equipe de pesquisa em movimento corporesanomenssana@gmail.com https://www.facebook.com/pages/Odiss%C3%A9ia-Equipe-de-Pesquisa-em-Movimento/448128278636210?sk=info&tab=page_info&edited=topics Contemporaneizar as danças populares, com as danças clássicas da Índia e a performance contemporânea!
São Paulo Companhia de Dança marcela.benvegnu@spcd.com.br https://www.facebook.com/pages/S%C3%A3o-Paulo-Companhia-de-Dan%C3%A7a/183791651689230?ref=ts&fref=ts Criada em janeiro de 2008 pelo Governo do Estado de São Paulo, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) é dirigida por Inês Bogéa. A SPCD se apresenta no Estado de São Paulo, Brasil e no exterior. Já foi assistida por um público superior a 400 mil pessoas em 10 diferentes países, mais de 80 cidades, em mais de 400 apresentações. Apresenta um repertório variado, que vai do clássico ao contemporâneo. Além da Produção e Circulação de Espetáculos, a SPCD desenvolve Projetos Educativos e de Formação de Plateia e de Registro e Memória da Dança.
Cia Paulista de Dança mkt@grupoassafluna.com.br https://www.facebook.com/paulistadedanca; www.ciapaulistadedanca.com.br A Cia Paulista de Dança Adriana Assaf foi criada em 2006, originada do projeto social …fazendo arte na ponta dos pés!, da Escola Técnica de Dança Adriana Assaf. Sempre visando capacitar os bailarinos e dar uma perspectiva de futuro profissional, o projeto acolhe bailarinos, oferecendo-lhes bolsas de estudos e outros benefícios para se especializarem. A Cia Paulista de Dança, hoje em dia, conta com aproximadamente vinte bailarinos e já realizou diversas remontagens de Ballets de Repertório e Clássicos de Criação, com várias premiações em diversos festivais de dança do Brasil e exterior. Objetiva ajudar a profissionalizar e difundir a dança clássica no país.
Pele Coletiva de Criação vitoriacohn@uol.com.br https://www.facebook.com/pelecoletiva http://pelecoletivadecriacao.com/ O Pele Coletiva de Criação é um grupo de performance formado em 2011 entre alunos do Celia Helena Teatro-escola. Em seu trabalho, o grupo parte da intercomunicação entre diferentes linguagens (dança, performance, música, vídeo) e investiga as relações entre corpo e espaço.
Saída de Emergência Cia de Dança saidadeemergenciadedanca@gmail.com https://www.facebook.com/saida.cia http://saidademergencia.wix.com/danca A Saída de Emergência Cia de Dança foi criada em Julho de 2008, formada por alunos do curso intermediário de Dança Contemporânea da Fábrica de Criatividade (Projeto A(s)cender). Surgiu do desejo de estudantes em criar um espaço de pesquisa em dança a fim de dar prosseguimento à seus estudos iniciados. Compartilhamos com demais grupos da região o intuito da descentralização geográfica de fomento à dança afim de valoriza-la enquanto linguagem artística, afirma-la, divulga-la e democratiza-la em nossa região.
CIA.NOSLAEMCASA cia.noslaemcasa@gmail.com https://www.youtube.com/channel/UC1lWAhlvpGCOMb6P4i-I05w www.cianoslaemcasa.blogspot.com http://vimeo.com/user5077013 A Cia.Nósláemcasa é fruto da associação artística entre o músico Celso Nascimento e a bailarina Patrícia Werneck e tem como proposta a criação colaborativa entre as linguagens da dança, da música e das artes plásticas. Fundada em 2004 pela bailarina Patrícia Werneck e o músico Celso Nascimento, vem ao longo destes anos desenvolvendo continuamente sua pesquisa de linguagem e realizando diversas ações artísticas pedagógicas como: montagem de espetáculos, oficinas, workshops, debates, palestras, exposições fotográficas, documentários em vídeo e projetos de circulação. Ao longo de sua trajetória foi contemplada com diversos prêmios de incentivo a produção e circulação de espetáculo.
Cia de Dança Lu Mayumi luciana.mayumi2@gmail.com O grupo nasceu com a proposta de integrar dançarinos profissionais e amadores com a pesquisa voltada para as Danças de Salão e mais especificamente o Tango. Além da mescla entre profissionais e amadores, o grupo propõe integrar várias faixas etárias dos 20 aos 76 anos, formações em dança diversas e biotipos diversos.
Maya-Lila mayalila@live.com mayalila.com.br facebook/mayalilaa Maya-Lila é um organismo artístico: espaço vivo de criação que compartilha poesias através da arte da dança, transformando a si, seus integrantes e o meio onde intervêm. O núcleo foi fundado por Melina Scialom e Marília Coelho em 2005 e desde então vive a dança com o intuito da expansão da consciência, uma busca espiritual e em consequência material, que resiste aos valores humanos invertidos que vivemos contemporaneamente. Como resultado o Maya-Lila apresenta suas obras, danças em diferentes formatos – instalações, intervenções, estudos – que naturalmente canalizam a evasão direta de suas buscas em formas sensíveis e poéticas.
Núcleo De Pesquisa Em Poéticas Da Dança Espírita usilva29@gmail.com NUPPEDE – https://www.facebook.com/pages/Nuppede/1440804946209804?ref=aymt_homepage_panel NÚCELO DE PESQUISA EM POÉTICAS DA DANÇA ESPÍRITA – surge do desejo de aprofundamento em questões relacionadas à dança e espiritismo, como forma de utilizar conceitos doutrinários e outras linguagens artísticas para criação artística. O que estamos propondo é a intersecção entre a os conceitos doutrinários aliados às linguagens artísticas para construção de um exercício criativo, buscando a contrução de uma nova poética de movimento.
SDV Studio Dança e Vida mickdancing.sdv@gmail.com Fundado próximo a comunidades, abrindo portas para o meio artístico profissional e de fácil acessibilidade. Onde o principal foco dos integrantes é ter disciplina para superar a realidade e alcançar grandes sonhos. Participação em festivais, competições, espetáculos beneficentes e parceria com projetos e escolas de td o país.
CIA O Clã da Dança monicsdance@yahoo.com.br PÁGINA NO FACEBOOK CIA O CLÃ DA DANÇA A CIA O CLÃ DA DANÇA VEM DESENVOLVENDO UM TRABALHO INDEPENDENTE SEM APOIOS FINANCEIROS SEJA DE ORDEM PRIVADA OU PÚBLICA. SEU TRABALHO DE PESQUISA É PAUTADO NA LINHA CONTEMPORÂNEA, FAZENDO CONEXÕES COM A DANÇA-TEATRO E ATUALMENTE COM A CULTURA POPULAR BRASILEIRA. BASEANDO-SE EM GRANDES MESTRES DA DANÇA COMO LABAN, KLAUSS VIANNA E ANTÔNIO NÓBREGA. TEM COMO OBJETIVO REALIZAR UM TRABALHO SÉRIO DE NÍVEL PROFISSIONAL, LEVANDO A DANÇA CONTEMPORÂNEA PARA O CONHECIMENTO DOS MUNÍCIPES DE PINDAMONHANGABA, ASSIM COMO A FORMAÇÃO DE PLATÉIA POR MEIO DE WORKSHOPS E APRESENTAÇÕES QUE A CIA VEM REALIZANDO GRATUITAMENTE SEM APOIO FINANCEIRO OU PATROCÍNIO À POPULAÇÃO DA CIDADE.
D’Baya Cia de Dança Andrea Sposito producao@dbaya.com Página no Facebook: D’Baya Arte e Dança https://www.facebook.com/pages/Dbaya-Arte-e-Dan%C3%A7a/1539835172946454?fref=ts Dirigida por Andrea Sposito, criou sua própria linguagem relacionando a força e velocidade do jazz junto à emoção e leveza do contemporâneo. Em sua trajetória, a Cia já se apresentou em diversas cidades para os mais distintos públicos. As apresentações têm o objetivo de difundir a dança e enriquecer a apreciação dessa arte por meio do encontro com outros públicos e artistas. Participam realizando aberturas e encerramentos como convidados de grandes Festivais de Dança, além de outros eventos artísticos. Tem como objetivos propor uma popularização da arte da dança por meio de sua linguagem, provocar os sentidos através da emoção e plasticidade visual, favorecer a criação de plateias etc.
Cia. Teatro Dança Núcleo Municipal de Teatro panodefundo@hotmail.com Objetiva trabalhar os sentidos em busca de uma provocação.
Passo Livre núcleo de dança ecariris@gmail.com poetaselvagemdancarino.blogspot.com O trabalho do Passo Livre tem se caracterizado pela investigação da dança interagindo com a filosofia, a poesia, o vídeo, a canção, a tela. Desde as suas primeiras produções em 1982, o núcleo explora essas fronteiras, transitando pelas possibilidades de uma operação criativa de hibridação e superposição de conteúdos e gêneros. Escolhe uma configuração própria da dança contemporânea que inclui o risco, a preferência pela processualidade, e pela complexidade na qual paradigmas de diferentes esferas emergem e se contaminam. A atitude e a ação corporal participam desde o princípio deste movimento, e se constituem como elemento central onde acontecem as conjunções e oposições.
Sheila Ribeiro | dona orpheline production@sheilaribeiro.net sheilaribeiro.net; www.facebook.com/sheilaribeiro.net; chamandoela.com sheila ribeiro | dona orpheline, dirigida desde 1992 pela coreógrafa Sheila Ribeiro, dedica-­‐se à dança contemporânea em pesquisa, criação, produção e didática em intercâmbios nacionais e internacionais. Suas coreografias para palco, instalação coreográfica, vídeo-­‐dança e web bem como suas publicações em artigos, conferências e atividades pedagógicas contribuem para o desenvolvimento de sua área.
SOMA contato@ciasoma.com.br site: www.ciasoma.com.br facebook: cia soma dança youtube: https://www.youtube.com/user/ciasoma vimeo: https://vimeo.com/ciasoma A fundação da Companhia em 2008 veio a formalizar um encontro que ocorreu anteriormente nos palcos e nas afinidades. As primeiras vivências cênicas uniram dois corpos que se assemelhavam tanto por seus movimentos como por suas curiosidades. Fascinadas pelas possibilidades corporais que as danças brasileiras ofereciam criaram a Soma com o intuito de desenvolver uma nova pesquisa. A parceria uniu histórias, movimentos, técnicas e caminhos. Em ordens inversas vivenciaram as danças tradicionais do Brasil e linguagens acadêmicas de dança. Maria Eugenia Almeida introduziu-se no universo da dança ainda criança quando era levada pelos pais a participar de treinos e ensaios de diversas danças popular
Núcleo Improvisação em Contato improvisoricardo@yahoo.com.br Site: www.nucleoimprovisacaoemcontatosp.wordpress.com Facebook: Núcleo Improvisação em Contato O Núcleo se formou no segundo semestre de 2011, articulando pessoas interessadas em organizar Jams de Contato Improvisação e pesquisar as técnicas características desta forma de dança. A partir de 2012, o foco de pesquisa do grupo passou a voltar-se também à produção cênica, partindo da fisicalidade e de questões específicas que emergem da prática e da reflexão sobre a improvisação em contato, mantendo também ações de formação e difusão (organização de oficinas, cursos, festivais) e seguindo com a organização de jams/encontros abertos de improvisação, com diferentes enfoques.
T.F.Style Cia de Dança igorgasp@gmail.com T.F.Style Cia de Dança Igor Gasparini O T.F.Style Cia de investiga a fusão de linguagens entre a dança contemporânea e as danças urbanas na cidade de São Paulo. Esta investigação concentra-se em descobrir novas possibilidades corporais a partir de técnicas das danças urbanas, mas desenvolvendo um trabalho autoral, marcado por uma identidade não reprodutiva, que pode ser observada em nossa trajetória. A pesquisa afasta-se das danças urbanas conforme vai se apropriando e transformando suas bases, criando e modificando suas referências, partindo dessa pesquisa particular. O grupo teve início em 2002, sob direção de Igor Gasparini, e a partir de 2007, passa a contar com a direção artística de Frank Tavantti, iniciando a fusão.
Cia Diversidança ciadiversidanca@yahoo.com.br Website (https://ciadiversidanca.wordpress.com/), Facebook (https://www.facebook.com/pages/Cia-Diversidan%C3%A7a/430511140400285?fref=ts), Sp Cultura (http://spcultura.prefeitura.sp.gov.br/agente/377/) A Cia Diversidança visa contribuir para o acesso, fomento e difusão artística. Nascida em 2006, com direção de Rodrigo Cândido, fez da zona sul área de atuação para explorar pesquisa, formação e residência em dança. Possibilitando a prática de democratização e descentralização da produção de dança contemporânea na cidade, dialogando com o circuito cultural de São Paulo. Estrutura sua atuação em três elencos: Cia , Cia Jovem e Grupo Residente. Além de desenvolver diversas ações e projetos como mostras, diálogos, circulação e formação com intuito de ampliar, fomentar e acessibilizar a dança contemporânea na periferia de São Paulo.
Célia Gouvêa Grupo de Dança celiargouvea@yahoo.com.br www.acervogouvea-vaneau.com.br www.celiagouvea.com facebook: celiagouvea O grupo teve início em Dezembro de 1974, quando Célia Gouvêa, Maurice Vaneau e um elenco de 12 integrantes abriram o Teatro de Dança Galpão com a peça de dança “Caminhada”, saudada pelo crítico Sábato Magaldi como “um espetáculo perfeito, um novo caminho e uma nova linguagem”. A proposta interlinguagens é desenvolvida pelo grupo, inicialmente denominado Teatro de Dança de São Paulo e Célia Gouvêa Grupo de Dança, desde os anos 90.
Arremesso Núcleo De Dança nucleoarremesso@gmail.com Www.arremesso.com.br Dança contemporânea com pesquisa hibrida entre música, dança, artes visuais e teatro
Babado de Chita – Dança, Música e Pesquisa Cência Popular roberta.larizza@hotmail.com www.babadodechita.com.br facebook: Babado de Chita Grupo autoral, desenvolve sua pesquisa a partir de manifestações tradicionais brasileiras das regiões nordeste, sudeste e norte, estabelecendo um diálogo entre as propostas cênicas e musicais dessas manifestações e a linguagem contemporânea.
Caleidos Cia. de Dança caleidos@caleidos.com.br www.caleidos.com.br www.facebook.com/pages/Caleidos-Cia-de-Dança/628477237266784 Desde a sua criação, em 1996, os objetivos do Caleidos Cia. de Dança mantiveram-se inalterados: abrigar e desenvolver as atividades de iniciação, apreciação, reflexão, pesquisa e criação em arte em suas interfaces com a educação por meio de atividades artísticas (produção de espetáculos e eventos de dança), docentes (cursos, workshops, eventos) e de pesquisa (seminários, encontros, publicações).
Carla Salvagni Cooperativa de Dança carlasal@terra.com.br www.carlasalvagni.com.br; www.todomundovaidancar.com.br DANÇA DE SALÃO E DANÇA ESPORTIVA (DANÇA DE SALÃO INTERNACIONAL) Apresentações, intervenções artísticas, aulas, congressos, animações de festas, eventos, flash-mobs.
Cavallaria Cênicas cavallariacenicas@gmail.com www.cavallariacenicas.com https://www.facebook.com/Cavallaria?ref=hl A Cavallaria toma como ponto de partida a dança para a comunicação com outras formas de linguagens artísticas como : o teatro, a performance, o cinema, a moda, as artes visuais e marciais. Acreditamos no encontro e na comunicação: por isso, somos comprometidos em criar e descobrir a partir das linguagens e anseios do coletivo, sempre em construção. As escolhas e reflexões tanto de forma quanto de conteúdo são feitas com independência em relação a estilos ou mercado da arte. Diga-se também com liberdade em relação à crítica especializada ou à mídia generalizada.
Cia. Artesãos Do Corpo contato@ciaartesaosdocorpo.art.br www.ciaartesaosdocorpo.art.br https://www.facebook.com/artesaos.danca https://vimeo.com/user3804299 https://www.youtube.com/user/artesaosdocorpo Criada em 1999, pela socióloga e bailarina Mirtes Calheiros a Cia. Artesãos do Corpo é formada por bailarinos, performers, atores e pesquisadores de artes cênicas, com o objetivo de elaborar espetáculos e intervenções que provoquem a sensibilidade e a consciência do espectador para temas de interesse no mundo contemporâneo. Utilizando o palco e locais não convencionais como espaços de atuação a companhia desenvolve uma pesquisa focada na diluição das fronteiras entre dança-teatro-performance e na investigação urbano coreográfica dos processos de influência, alteração e diálogo entre o corpo e a cidade.
Cia Base teatrobase@hotmail.com www.ciabase.com.br – facebook – cia base A CIA BASE se dedica a criação coreográfica de dança vertical contemporânea pesquisando sua integração com diversas outros estilos de danças, com o circo aéreo e as artes visuais, construindo um corpo performático que dança e comunica nos limites da gravidade, investigando um vocabulário comum entre corpo, movimento e imagem. A CIA BASE se tornou conhecida por sua longa trajetória de ocupação em lugares inóspitos e apresentações sensoriais que são criadas a partir da união da dança com a arquitetura de estruturas urbanas e espaços não convencionais, num diálogo entre o corpo e a cidade. Bailarinas, dançarinas, intérpretes em situação de risco onde a arquitetura e a dança se encontram.
Cia. Carne Agonizante ciacarneagonizante@gmail.com WWW.CIACARNEAGONIZANTE.COM.BR Companhia de dança independente que desenvolve pesquisas e criações desde 1997 tendo em seu repertório 21 peças coreográficas. O percurso do Grupo é pautado por uma dança teatralizada, seus trabalhos criativos, tem a intenção de gerar uma potência capaz de provocar reflexão na platéia e não deixá-la apenas na superfície do entretenimento banal. Os espetáculos do seu repertório discutem justamente a resistência à massificação, que se contrapõe à transformação da vida em mercado e do homem em mercadoria. Trafega na contramão do mercado Shopping Center cultural muito preocupado com cifras e público e pouco inquieto com as relações sócio-políticas.
Cia da Vila davilacia@gmail.com www.ciadavila.blogspot.com https://www.youtube.com/user/CiadaVila www.facebook.com/ciadavila A Cia da Vila fundada em 2007. No currículo da Cia temos 4 espetáculos e o trabalho com intervenções. A primeira montagem foi em 2007 com “Entre Yin e Yang” . Em 2008 o espetáculo “Quanta Arte Cabe Nisso?”. Em meados de 2010, a Cia começa a dedicar energia a atividades de formação voltadas, sobretudo as danças urbanas. Em 2011, montamos “Colcha de Retalhos” coreografado por Fernanda Fiuza. Em 2013 o espetáculo de trabalho foi “SELF”, baseado no filme sonhos de Akira Kurosawa, coreografia de Tati Sanchis e convidados. Atualmente estamos com projeto aprovado em edital voltado ao estudo e montagem do próximo espetáculo, denominado “Amor em 4 atos”.
Cia Fragmento de Dança producaociafragmento@gmail.com www.ciafragmentodedanca.com.br_x000D_ www.facebook.com/ciafragmento Sob a direção de Vanessa Macedo, a Cia Fragmento de dança, desde sua formação, desenvolve continuamente pesquisa e criação em dança contemporânea, na cidade de São Paulo–SP-Brasil. Ao longo dos seus 12 anos de existência, construiu uma linguagem estética autoral que se revela numa dança teatralizada, que investe na qualidade técnica, mas não abre mão de inseri-la num ambiente reflexivo e emocional. Para a Cia Fragmento, o que impulsiona o movimento é a possibilidade de comunicar e experienciar. A dança é um desejo de depor sobre algo, na mesma medida que uma vontade de existir na relação, através do olhar do outro.
Cia Oito Nova Dança ciaoito@novadanca.com.br www.ciaoitonovadanca.com.br www.facebook.com/pages/Cia-Oito-Nova-Dança A Cia. Oito Nova Dança foi fundada em 2000 e desde então é dirigida por Lu Favoreto. Tem como elemento primordial de investigação a relação entre movimento fundamental e consciente, movimento vivenciado e obra cênica. Desde sua fundação conta com a presença de bailarinos, atores, músicos e antropólogos, valorizando a multiplicidade de perspectivas e saberes em sua produção artística. A Cia. busca investigar a interface entre linguagens artísticas, antropológicas e filosóficas como meio de comunicação e ação poética, desenvolvendo uma dança que reflete esteticamente o nosso tempo, e que a partir dela, propõe uma noção de corpo cênico e de dramaturgia.
Bollywood Brazil dancaindiana@gmail.com www.dancaindiana.com Bollywood Brazil é o primeiro grupo de Bollywood Dance do Brasil. O grupo, que nasceu inspirado pelo Bollywood Grooves de Vandana Alimchandani, se estabeleceu no Brasil em 2005, por iniciativa de Nanda Nunes, bailarina do Bollywood Grooves de Londres, e de Patricia Romano, professora de Danças Clássicas Indianas. O grupo é dirigido por Iara Ananda Romano, também professora desse estilo de dança. A dança Bollywood surgiu da famosa indústria cinematográfica indiana e acabou por se tornar um estilo de dança. A palavra Bollywood vem da junção das palavras Hollywood com Bombay (antigo nome de Mumbai, capital cinematográfica da Índia). Esse estilo de dança consiste em uma fusão de danças
Grupo Natyalaya dancaindiana@gmail.com www.dancaindiana.com O Grupo Natyalaya foi formado em 1997 por Patricia Romano e tem se apresentado com bastante sucesso nacional e internacionalmente nos últimos anos, tendo se estabelecido como o primeiro e principal Grupo de dança indiana na América Latina. O grupo divulga essa cultura milenar pelo mundo, mostrando não apenas a importância da cultura indiana mas provando que esta cultura é universal e, com disciplina e talento, pode ser executada primorosamente também por ocidentais. O grupo é reconhecido por sua extrema competência técnica pelas Embaixadas da Índia do Brasil, Venezuela, Colômbia, Turquia e Moçambique.
Coletivo DMV22 mariolopes@festivalplusbrasil.com www.dmv22.com Achiles Luciano( pintura digital), Gabriel Espinosa(trilha sonora) e Mario Lopes (movimento) acompanhados por orientações de Isabel Hoezl (bailarina), iniciaram a parceria no início de 2010. Apresentaram-se na Casa das Caldeiras, em seguida na Sétima Bienal de Dança em Santos, seguindo ano após ano com a criação das obras: VRUM, Vrumvrumzinho, TREPP e Movimento I.
Cia Brasílica decamadureira.ciabrasilica@gmail.com www.facebook.com/ciabrasilica; www.youtube.com/ciabrasilica; www.flickr.com/brasilica; www.artebrasilica.blogspot.com Atuamos junto às manifestações populares brasileiras no que diz respeito à pesquisa e investigação em música e dança, principalmente. Por manifestações populares, nos referimos às expressões artísticas criadas espontaneamente a partir da herança cultural miscigenada que compõe a história de povoamento do Brasil – africana, europeia e indígena e que, de alguma forma, são correlacionadas a história do país. O Método Brasílica é uma ferramenta de estudo das danças brasileiras que tem por base a investigação dos desdobramentos corporais do corpo brincante, estudo de arquétipos relacionados às manifestações, e sistematização dos processos de ensino-aprendizagem de movimentos.
Núcleo Artérias producao@agenciafractal.com.br www.facebook.com/NucleoArterias www.nucleoarterias.com O Artérias se dedica de forma contínua à investigação de corporeidades próprias e de sistemas de compartilhamento artístico para refletir sobre as transformações do corpo e das relações humanas no mundo contemporâneo. O grupo experimenta em seus corpos como o consumismo, a instabilidade, a incerteza, as construções de gênero e a espetacularização estão afetando a nossa percepção. Testa outras formas de perceber, transformando modos de operar do próprio corpo e suas possibilidades de conexão com outros corpos.
Tango Na Rua drinmenezes@gmail.com www.facebook.com/TangoRua O Tango na Rua é um projeto brasileiro de disseminação da cultura tangueira, com intuito de aproximar as pessoas de experiências reais de relações sociais-artísticos-culturais. Teve início em 2009 e a partir do fim de 2012 veio para a Avenida Paulista ganhar outros contornos com encontros mensais sem interrupções até os dias de hoje. O seu eixo principal é o baile ao ar livre. Normalmente com duração de quatro horas, são tocados tangos e alguns sambas, forrós e salsas. As pessoas são convidadas a dançar e experimentar um baile típico de tango O evento é uma intervenção urbana com o intuito cultural-artístico de apoderamento dos espaços urbanos, assim como a disseminação da cultura dançante
Studio de Dança Gloria Ibarra glorinhadance@hotmail.com www.gloriaibarra.com.br outro site: eventos.gloriaibarra.com.br (não tem www) email:glorinhadance@hotmail.com Aulas de dança, do samba ao tango, ballet, hip hop, pole dance, dança do ventre, coreografa, etc.
Grupo Cupuaçu, Centro de Estudos de Danças Populares Brasileiras josemarcos@xn--grupocupuau-v9a.org.br www.grupocupuaçu.org.br https://www.facebook.com/grupocupuacu.dancasbrasilieras https://www.youtube.com/watch?v=B_Vyg6sWUQc https://www.facebook.com/pages/Ciclo-do-Boi-no-Morro-do-Querosene/191922424193463?fref=ts https://www.youtube.com/watch?v=w3_996gUMy4 https://www.youtube.com/watch?v=ZyKVnBBZrCE https://www.youtube.com/watch?v=_Sqyzw5xREY https://www.youtube.com/watch?v=v-vr3IuCf_o https://www.youtube.com/watch?v=1M2Vitm8K9w https://www.youtube.com/watch?v=xn62YXEo4PY Nascido em 1986, o Cupuaçu é o resultado natural do crescimento de um trabalho de pesquisa em danças populares realizado por um grupo de pessoas de diversas formações: atores, arquitetos, artistas plásticos, capoeiristas, dançarinos, educadores, estudantes, músicos e profissionais liberais que, inicialmente, se reuniam para dançar na Academia de Capoeira “Fonte de Gravatá” do Mestre Kenura e depois se aglutinaram aos alunos das aulas de danças brasileiras, ministradas por Tião Carvalho no Curso de Formação de atores do Teatro VENTOFORTE. Hoje o Cupuaçu, é formado por pessoas de todas as idades, artistas populares de várias localidades brasileiras,apresentando danças populares tradicionais.
iN SAiO Cia. de Arte insaiociadearte@gmail.com www.insaiociadearte.com.br www.facebook.com/insaio www.instagram.com/insaio www.youtube.com/insaiociadearte offdarkroom.tumblr.com www.insaiociaarte.blogspot.com A iN SAiO Cia. de Arte é dirigida desde 2010 por Claudia Palma. A contemporaneidade é o alicerce da sua pesquisa e, sendo assim, torna-se voz e inspiração para artistas que buscam identidade em suas criações. Claudia Palma, que integrou grandes elencos, hoje trabalha com intérpretes-criadores com formações menos ortodoxas. Seu desejo é o hibridismo, uma fusão de experiências diversas, quando então o corpo poderá encontrar um movimento constante e um olhar observador do mundo contemporâneo. Suas memórias corporais em processo inacabado e inquieto almejam a continuidade do seu próprio movimento no corpo do outro, atravessando sua pele e construindo uma dança de contaminação.
Cia Cenica Nau de Icaros marco@naudeicaros.com.br www.naudeicaros.com.br www.facebook.com/naudeicaros A Cia. Cênica Nau de Ícaros alia o conhecimento e a prática na dança ao trabalho com as técnicas circenses e o teatro. Nestes anos foi responsável pela criação e produção de inúmeros espetáculos nos quais a fisicalidade sempre foi o centro das investigações. Focados na pesquisa do corpo e sua expressão, o trabalho do grupo se caracteriza pela necessidade, de através de uma pesquisa de linguagem, lançar um olhar contemporâneo, pertinente enquanto público, artistas e sociedade, para a cultura popular brasileira e reflete o desejo de encontro com o público através da celebração, do resgate dos ritos e símbolos brasileiros.
Companhia Let’s Tap gisellamartins@yahoo.com.br www.sapateadogisellamartins.blogspot.com.br www.circuitotap.blogspot.com.br Facebook: Gisella Martins Lets Tap Com a característica de produzir som de forma orgânica, a Companhia Let’s Tap busca sua sonoridade através da técnica do sapateado utilizando as batidas no corpo inteiro. Palma, estalo, flap, wings… tudo é som, tudo é sapateado, tudo é dança!
Companhia De Dança Siameses cia.meses@hotmail.com www.siameses.com.br Informações no site
Cia Tango & Paixão Produção Cultural e Artística LTDA ME marcia.tango@terra.com.br www.tangoepaixao.com.br CIA Tango & Paixão CIA tem 12 anos de história e de dedicação ao fomento e à propagação do tango no Brasil e no mundo. Possui um elenco artístico de expressão internacional, Músicos, Cantor e Bailarinos. Nos apresentamos nos principais teatros e casas de shows do Brasil e do exterior, tendo realizado milhares de shows a um público estimado de mais de Hum Milhão de pessoas. Desde sua fundação, a companhia é comprometida a divulgar a cultura latino-americana, criando, apoiando e promovendo eventos de arte, dança, música e canto, além de produzir espetáculos para ampliar o alcance do tango como manifestação artística, nosso objeto é transmitir a história e a consagração do tango no Brasil
Cia Tentáculo Dança lili@tentaculodanca.com.br www.tentaculodanca.com.br A Cia Tentáculo Dança dá continuidade a investigação da coreógrafa Liliane de Grammont e do músico Ed Côrtes, sua proposta é a pesquisa de linguagem própria de movimento, desenvolvimento de dramaturgia do corpo e da cena, pesquisa de trilha original feita simultaneamente as criações, bem como o diálogo do corpo com as questões da psicanálise. A Tentáculo Audio de Ed Côrtes e a Tentáculo Dança de Liliane de Grammont dividem o mesmo endereço, facilitando a pesquisa direta: som e composição coreográfica.
The Face haysten@gmail.com www.theface.com.br Grupo multi étnico praticante de street-dance tradicional em shows e espetáculo, um dos pioneiros em dançar locking no Brasil, além de ser pioneiro em dançar vários estilos do gênero em formato coreográfico. Além do grupo principal existe dois subgrupos sendo eles; Ghetto Jam e Soul Base. A união no palco de todos os grupos é chamado de The Face Family.
Theo & Monica theoemonica@gmail.com www.theoemonica.com.br https://www.facebook.com/pages/Theo-Monica/113579982166238 www.facebook.com/theodoro.mazzini theoe monica Com 19 anos de experiência em navios de cruzeiros (temporadas na América do Sul e Europa), a dupla é responsável pela seleção, contratação e preparação coreográfica das equipes dançantes dos navios do grupo Costa desde 2001. Atualmente, Theo & Monica também são diretores artísticos dos cruzeiros dançantes DANÇANDO A BORDO (o maior do país) e TANGO & MILONGA. São produtores e diretores dos espetáculos DANÇA BRASIL e SOY LOCO POR TI AMÉRICA que são apresentados com frequência em eventos corporativos e em turnê pelo Estado de São Paulo.
Companhia Tipica Tango tipicatango@yahoo.com.br www.tipicatango.com A COMPANHIA TIPICA TANGO desenvolve desde 2004 um trabalho de pesquisa musical e coreográfica estabelecendo um diálogo cultural entre Brasil e Argentina. Os espetáculos “Tango Forasteiro”, “Tango, poetica del Sur”, “Luna de Tango” e “Tango, uma filosofia do abraço” dirigidos por Natacha Muriel López Gallucci formaram parte do I e II Festival Internacional de Tango visitando os teatros municipais de Piracicaba, Vinhedo, Limeira e outros como o do Sesc Pompeia, a Fundação Romi, Espaço Cultural Maria Monteiro. Sendo o objetivo a formação de plateias o grupo desenvolve cenas musicais de profundo conteúdo didático e expressivo. www.tipicatango.com
Cia Sapato de Ouro nandocl@hotmail.com A Cia Sapato de Ouro é uma cia de dança de salão, ministra aulas em sua cede, e também em eventos. Desenvolve também trabalhos voluntários levando a dança para as escolas do estado.
Kridans ballet@uol.com.br Mescla de estilos de dança. Levar para toda a população. Coreografias inéditas. Coreógrafos novos.
Fusion Funk dancasfunkstyle@hotmail.com A Cia Fusion Funk fundado em 2008 é formado pelos dançarinos e coreógrafos Osmar Fusion, Jefferson Neves, Rogério Lopes, Debora Josiana ambos estudantes e praticantes das Danças Urbanas com vasta experiência na área da dança e da Cultura Hip Hop, tendo realizado cursos com profissionais do Brasil e exterior como Canadá, França, Itália e (U.S.A). A Cia vem com a proposta de divulgar as Danças Urbanas principalmente o Original Funk (Origem das Danças Urbanas) este nascido nos Estados Unidos no fim dos anos 60 e começo dos anos 70 trabalhando os estilos Funk Soul, Locking e Popping (Funkstyle) onde buscamos fazer uma ligação entre os estilos tentando assim levar os elementos da Cultura Hip Hop
Grupo de Sapateado da Casa de Cultura do Butantã lunevess@bol.com.br O Grupo de Sapateado da Casa de Cultura do Butantã tem como proposta desenvolver a técnica do sapateado americano, direcionado para Terceira Idade, através de ritmos e movimentos corporais. O Grupo já tem uma coletânea de 7 coreografias, as quais são apresentadas em diversos eventos culturais.

Comments are closed.

  • Subscrever newsletter